5 Dicas para facilitar o jejum intermitente

O que é  jejum intermitente?

Jejum intermitente

O jejum intermitente é um período em que você fica sem se alimentar, alterando os períodos de alimentação e jejum.

Em alguns casos o jejum intermitente pode ser confundido com uma dieta.

Mas ele não é, uma dieta específica quais alimentos você precisa comer, já o jejum específica apenas os períodos que você deve jejuar e quais se alimentar.

Claro que se você prestar atenção aos alimentos que ingere nos períodos de alimentação, você pode obter benefícios ainda melhores.

Alguns estudos descobriram que o jejum intermitente tem alguns benefícios como a perda de gordura, aumento da longevidade e melhora da saúde.

A experiência que cada pessoa tem com o jejum intermitente é individual, estilos diferentes se adequam a pessoas diferentes.

Quais são os benefícios do jejum intermitente?

Jejum intermitente

Foram realizados diversos estudos em torno do jejum intermitente.

Esses estudos mostraram que o jejum intermitente possui ótimos benefícios para o controle de peso, para o corpo e o cérebro.

  1. Ajuda a perder peso: esse é com certeza um dos melhores benefícios do jejum e é o que atrai a maioria das pessoas.

Como mencionado anteriormente, o jejum intermitente pode te ajudar a perder peso e a gordura da barriga.

  1. Reduz a resistência à insulina: o  jejum intermitente pode te ajudar a reduzir a resistência à insulina.

Ele ajuda a diminuir o açúcar no sangue em torno de 3% a 6% e os níveis de insulina durante o jejum em torno  20% a 30%.

  1. Reduz a inflamação: estudos mostraram que o jejum intermitente reduz os marcadores de inflamação.
  2. Melhora a saúde do coração: o jejum intermitente pode ajudar a reduzir o colesterol ruim e os triglicerídeos.

    Além disso, também pode ajudar a reduzir os marcadores inflamatórios e  o  açúcar no sangue.

  1. Ajuda a prevenir o câncer:  estudos sugerem que o jejum pode ajudar na prevenção do câncer.
  2. Ajuda a melhorar a saúde do cérebro: o jejum intermitente aumenta o hormônio cerebral BDNF.

Além disso, ele pode auxiliar o crescimento de novas células nervosas e também pode proteger contra o Alzheimer.

Estilos de jejum intermitente

Jejum 16/8: esse estilo do jejum intermitente funciona da seguinte maneira, você jejua durante 16 horas e come durante 8.

Por exemplo, vamos supor que você jante hoje às 19h, você só poderá fazer sua próxima refeição amanhã às 11h. 

Esse é só um exemplo de como funciona, é você que tem que escolher as horas que vai jejuar e as que vai se alimentar.

Jejum de 24h: o jejum intermitente de 24h consiste em você se alimentar normalmente durante 6 dias da semana.

Porém no sétimo dia você jejua durante 24h, esse é o estilo mais difícil de manter do jejum intermitente.

Pois é recomendado que você consuma apenas líquidos por 24 horas seguidas.

Jejum em dias alternados: O jejum intermitente em dias alternados consiste em você comer normalmente nos dias em que você não está fazendo o jejum.

E nos dias de jejum ele diz que você não deve comer nada.

Por exemplo, suponhamos que você fará o jejum intermitente em dias alternados, hoje você come normalmente, amanhã você jejua e só volta a comer depois de amanhã.

Jejum intermitente 5/2: esse estilo de jejum intermitente diz que você deve comer normalmente durante 5 dias da semana .

E sugere que durante os últimos 2 dias da semana você restrinja o número de calorias ingeridas para 500, lembrando que os dois dias não precisam ser consecutivos.

Precauções do jejum intermitente

Vale lembrar que o jejum intermitente não é para todo mundo.

Se você possui algum distúrbio alimentar ou está abaixo do peso, você não deve aderir ao jejum intermitente sem antes consultar um médico.

Aderir o jejum intermitente nessas condições pode trazer sérios riscos à saúde. 

O principal efeito colateral do jejum intermitente é a fome, é possível que você se sinta fraca e o seu cérebro pode não funcionar como de costume.

Na maioria dos casos isso é temporário, é normal que o seu corpo leve um certo tempo para se adaptar aos horários de refeições do jejum.

Se você tem alguma condição médica como diabetes, problemas com regulação do açúcar no sangue, pressão arterial baixa. 

Faz uso de medicamentos, está tentando engravidar, está grávida ou amamentando, consulte o médico antes de aderir ao jejum intermitente.

Abaixo você encontrará 5 dicas que vão facilitar o jejum intermitente para você, como 1. Comece devagar, 2. Mantenha-se hidratada, 3. Evite bebidas industrializadas, 4. Faça caminhadas durante o jejum,  5. Beba chá ou café

5 Dicas para facilitar o jejum intermitente

  1. Comece devagar

Não se cobre muito no começo, comece devagar, a maioria das pessoas começam o jejum se cobrando mais do que deveria.

Elas ficam tão empolgadas com os ótimos resultados de outras pessoas que passam a se cobrar muito.

Escolhem o estilo de jejum intermitente mais difícil, mas o que acontece é que elas não o aguentam por muito tempo e logo desistem.

Se você é do tipo de pessoa que está acostumada a comer 6 refeições por dia, o jejum vai ser extremamente difícil para o seu corpo.

Então porque começar pelo mais difícil e cobrando o máximo de si, se você fizer isso o mais provável é que você acabe desistindo.

  1. Mantenha-se hidratada

Isso é uma coisa tão simples, mas eu te garanto que a maioria das pessoas não bebem água o suficiente durante o jejum.

Manter o seu corpo hidratado vai facilitar e muito os períodos de jejum.

Um dos melhores benefícios de se manter hidratada é que ela ajuda a lidar com a fome.

Na maioria das vezes que você sente fome, você não está com fome, apenas com sede.

  1. Evite bebidas industrializadas

Refrigerantes, sucos e bebidas industrializadas são muito ricos em calorias e açúcares.

Alguns possuem baixas calorias, mas o problema em torno deles é que assim que você os ingere o seu corpo pode esperar que haja comida chegando.

O problema é que não tem comida entrando, isso deixa o seu corpo confuso e acaba desencadeando uma sensação cada vez mais forte de fome e isso vai acabar atrapalhando o seu jejum.

  1. Faça caminhadas durante o jejum  

É bom fazer algum exercício físico durante os períodos de jejum, caminhar é uma excelente forma de se manter ativa.

Além de fazer bem para o seu coração, te ajuda a queimar gordura.

Caminhar tem um efeito desestressante.

Jejuar te deixa em um efeito de cetose profunda, o que torna os ácidos graxos sua principal fonte de combustível.

Caminhar é um exercício de baixa intensidade que usa apenas a gordura corporal como combustível.

  1. Beba chá ou café

É absolutamente normal sentir fome durante o jejum, o chá e o café são permitidos para qualquer estilo de jejum.

O café e o chá, principalmente o verde, contém antioxidantes importantes para combater a inflamação no corpo.

Além disso, eles contém componentes naturais que ajudam a controlar a fome.