Descubra como se prevenir de doenças infecciosas

Com a grande proliferação do vírus da COVID-19 em nível internacional, a preocupação com as diversas formas de viroses e as diversas formas de doenças infecciosas que atingem esse âmbito aumentou consideravelmente. São as mais diversas formas de transmissão entre seres humanos, e com isso, os mais diversos tipos de cuidados requeridos.

Na falta da vacina, é apenas com os cuidados necessários que conseguimos conter essas doenças e principalmente o seu contato com pessoas do grupo de risco, como os idosos, que nesses momentos precisam se importar com toda a sua saúde, e não somente a procedimentos como a prótese dentária. Veja o que você precisa saber sobre esse tipo de enfermidade e o que fazer em casos de risco:

O que são doenças infecciosas? 

As doenças infecciosas, como o próprio nome indica, são infecções, causadas por microrganismos e protozoários. A COVID-19, por exemplo, se enquadra nesse tipo de enfermidade, uma vez que é causada por uma alteração de um vírus da família coronavírus.

Em certos casos, esses microrganismos são capazes de se instalar no organismo humano sem proporcionar grandes danos. Na ocorrência de falhas no sistema imunológico, esses invasores podem se proliferar rapidamente e causar problemas ainda mais graves.

Formas de transmissão: o contágio por essas enfermidades

As formas de contágio pelas doenças infecciosas são variantes, podendo ser causado pelo contato direto, através da respiração, de ferimentos, alimentos e água contaminada, pelo ato sexual, e por meio de animais, insetos e carrapatos.

É relevante destacar que esse tipo de enfermidade é, em sua maioria, transmissível de ser humano a ser humano.

Formas de prevenção ao contágio de doenças infecciosas

medico

Lave as mãos com frequência

 Lavar as mãos com frequência é uma das principais medidas de prevenção não só ao coronavírus, mas também a todas as outras enfermidades infecciosas. Uma boa higiene é uma forte arma contra o contato com os microrganismos e protozoários, sendo essencial para a saúde em todos os aspectos.

No caso, a lavagem das mãos deve ser realizada antes das refeições e depois de utilizar o banheiro. Em tempos de pandemia como o atua, essa frequência deve ser redobrada.

Boa higienização e conservação dos alimentos 

Alimentos, por causa do transporte e do contato frequente de mão a mão, são uma das principais fontes de microrganismos causadores de doenças infecciosas. Algumas atitudes como lavar os alimentos ao serem preparados para ingestão, como frutas, legumes e verduras, além de conservar alimentos cozidos e crus separados na geladeira.

Não compartilhar objetos pessoais 

Um dos cuidados mais enfatizados cuidados nesse percurso de pandemia, é um dos cuidados mais importantes para a precaução de doenças infecciosas. Objetos como escovas de dente, toalhas de banho e rosto, talheres e barbeadores não devem ser compartilhados.

Manter os ambientes domésticos limpos

Uma casa limpa ajuda e muito a evitar o contágio dessas enfermidades, afinal é em casa que passamos grande parte de nosso tempo e é um lugar de grande convivência, principalmente em momentos em que se deve manter o isolamento social. Cozinha e banheiros devem ser prioridade, uma vez que são áreas de fatores facilitadores a proliferação desses agentes infecciosos.

Portanto, se atente a essas medidas e se preocupe em manter a vacinação em dia, existem várias doenças infecciosas que, ao contrário do COVID-19 já possuem vacina. Não se descuide, os danos a saúde podem ser extremos e a falta dessas atitudes simples podem levar ao óbito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *