Cirurgia Geral – Especialidade Médica

A cirurgia refere-se a qualquer procedimento que altera os tecidos do corpo para diagnosticar ou tratar uma condição médica. Os cirurgiões gerais são médicos especializados nesses procedimentos cirúrgicos. O título de cirurgião geral é regulamentado pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Esta especialidade faz parte de uma equipe cirúrgica que também inclui anestesiologista, enfermeiros e técnicos cirúrgicos.

O que um cirurgião geral faz?

Algumas cirurgias exigem cirurgiões especializados em situações mais específicas, como cirurgiões cardíacos (coração) ou neurocirurgiões (sistema nervoso central). E quanto ao cirurgião geral, o profissional possui conhecimento especializado de todo o processo cirúrgico, desde a avaliação inicial até o preparo, procedimento e manejo pós-operatório. Um cirurgião geral entende todas as áreas básicas da cirurgia, que são:

  • – O trato digestivo – Cirurgião especialista em vesícula ;
  • – O abdômen e seu conteúdo;
  • – A pele e os tecidos, incluindo os seios;
  • – A cabeça e pescoço;
  • – Os vasos sanguíneos e o coração;
  • – O sistema endócrino (hormônios e glândulas);
  • – Tratamentos cirúrgicos oncológicos (câncer);
  • – Tratamento cirúrgico de lesões traumáticas;
  • – Cuidado de pacientes criticamente enfermos com necessidades cirúrgicas.

Hoje, a maioria dos cirurgiões gerais está familiarizada com técnicas minimamente invasivas, como a videolaparoscopia. As cirurgias videolaparoscópicas envolvem ferramentas muito menores, incluindo pequenas câmeras que permitem ao cirurgião ver o que está acontecendo dentro de seu corpo. Esses instrumentos especializados significam que o cirurgião pode fazer cortes muito menores do que fariam com os procedimentos tradicionais.

medical

Dessa forma, os cirurgiões gerais têm um amplo conhecimento sobre muitas doenças e condições diferentes. Eles irão indicar se você precisa de cirurgia e que tipo de cirurgia seria apropriado. Para isso, os cirurgiões gerais têm especialidade:

  • – Na estrutura e funções saudáveis do corpo;
  • – Em como as feridas cicatrizam;
  • – Em como o sangue flui e coagula;
  • – Em como funciona o sistema imunológico;
  • – Em infecções e antibióticos;

E assim como um cirurgião geral trata uma ampla variedade de pessoas e doenças, ele precisa atender a necessidades específicas.

A residência de um cirurgião deve cumprir muitos requisitos. E os médicos que concluem as residências em cirurgia geral também podem seguir para o treinamento de subespecialidade e a certificação em um dos seguintes:

  1. – Cirurgia vascular;
  2. – Cirurgia pediátrica;
  3. – Cuidados cirúrgicos críticos;
  4. – Oncologia cirúrgica geral complexa;
  5. – Cirurgia de mão;
  6. – Medicina paliativa (Unidade de cuidados paliativos);

Normalmente, os pacientes consultam um cirurgião geral em razão de uma ampla variedade de circunstâncias. Os casos mais comuns:

Um médico de outra especialidade recomenda cirurgia – Se o seu médico acredita que os tratamentos não cirúrgicos não são suficientes, você pode obter um encaminhamento para um cirurgião geral. Pode ser necessário ir a um cirurgião quando os outros tratamentos não funcionarem ou serem insuficientes.

Emergências médicas – Como os cirurgiões gerais têm um conhecimento muito amplo, eles realizam uma variedade de procedimentos de emergência. Você pode consultar um cirurgião geral se tiver apendicite, hérnia, cálculos biliares ou até mesmo um ferimento de bala.

É comum, também, a chamada cirurgia eletiva, que se refere a qualquer procedimento que você e seu médico agendem com antecedência, sem caráter de emergência. Os exemplos incluem amigdalectomias, que removem as amígdalas na parte posterior da garganta, e hemorroidectomias, que removem veias inchadas no final do intestino.

Quando você visita um cirurgião geral, eles avaliam você para ter certeza de que a cirurgia é a opção certa para você. Eles vão explicar o procedimento e responder às suas perguntas sobre o procedimento. O cirurgião irá lhe dizer como se preparar para o operatório, incluindo:

  • – Se você precisa fazer algum teste;
  • – Se você precisar começar ou parar de tomar algum medicamento;
  • – Se você tiver que parar de comer ou beber antes do procedimento;

O cirurgião também explicará o que esperar durante sua recuperação. Se a sua cirurgia requer internação hospitalar, eles devem informar quanto tempo você pode esperar para ficar no hospital e o que você precisará quando voltar para casa, como alguns cuidados, alimentação etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *